Poltergeist, 2013, Joclécio Azevedo©Susana Neves/TNSJ

Poltergeist – 2013

Poltergeist é uma palavra associada a perturbações de origem sobrenatural que de forma geral envolvem ruídos e deslocações misteriosas de objectos (do Alemão “polter”: ruído e “geist”: fantasma). O projecto Poltergeist integra acções com objectos que não são propriamente instrumentos musicais, mas cuja existência é activada através do contacto directo e da amplificação sonora, criando atmosferas que evocam fenómenos estranhos e diferentes tipos de relação com o espaço. Desde há algum tempo tenho me interessado pela associação entre corpo e ruído, criando imagens em movimento que são simultaneamente objectos coreográficos, escultóricos  e sonoros. A performance Poltergeist move-se na ambiguidade da percepção de fenómenos desconhecidos, misturando elementos de abordagens científicas ou técnicas com outras construções assumidamente ficcionais. O trabalho invoca diversas formas de produzir vibrações que são captadas por microfones, produzindo atmosferas sonoras através do contacto físico com diferentes partes do corpo.

Criação e interpretação: Joclécio Azevedo

Produção executiva: A Circular Associação Cultural

Fotos: ©Susana Neves/TNSJ