Unfolding, de Sofia Dias e Vitor Roriz – 2009

(Colaboração/acompanhamento da fase inicial de criação no contexto do projecto Looping)

Unfolding é a acção de desvendar, de revelar algo gradualmente. A essa acção está associada uma expectativa perante o objecto/corpo a revelar. O momento em que quase reconhecemos o objecto, mas ignoramos a memória, na tentativa de retardar a revelação e prolongar a expectativa. Unfolding é o espaço da potência e da ilusão, onde o pensamento divaga até a razão identificar o objecto e se fixar ao concreto. O corpo, na iminência da revelação, assume a dimensão do nosso imaginário e metamorfoseia-se. 

Conceito e interpretação: Sofia Dias & Vítor Roriz

Som original: Sofia Dias
Texto: Sofia Dias & Vítor Roriz, em parte inspirado no texo “De Brevitate Vitae” de Séneca (4a.C. – 65d.C.)
Espaço cénico: Sofia Dias & Vítor Roriz
Desenho de Luz: Nuno Borda de Água, Sofia Dias & Vítor Roriz
Produção: Sofia, Vítor, O Espaço do Tempo.
Residências: Looping: O Espaço do Tempo (Portugal), TanzWerkstatt (Alemanha).
Bomba Suicida (Portugal), CPAI / CEA – Fábrica da Pólvora (Portugal).

Unfolding foi iniciado no contexto do projecto Looping, desenvolvido por UZÈS Danse CDC (França), em parceria com TanzWerkstaat Berlim (Alemanha) e O Espaço do Tempo (Portugal), com o financiamento do Programa “Cultura” da União Europeia. Durante o projecto Looping, Unfolding contou com a colaboração de Joclécio Azevedo e a assistência de produção de Lígia Teixeira.