Intermitências, Joclécio Azevedo, 2016 ©José Caldeira

Intermitências- 2016

Projecto desenvolvido durante uma série de residências artísticas intermitentes realizadas entre 2015 e 2016 em espaços do Teatro Municipal do Porto - Rivoli. O processo de trabalho foi constituído por momentos descontínuos, num jogo de interrogações à volta da produção desta peça coreográfica, provocando vários tipos de configurações entre os seus intervenientes e explorando a … Continue reading Intermitências- 2016

Escombros, Joclécio Azevedo 2015. ©Susana Neves/TNSJ

Escombros – 2015

Escombros é uma peça coreográfica que se organiza em torno da errância, do vagar pelo espaço, numa constante tensão entre partir e ficar. A peça refere-se também ao rasto, à utilização do percurso de pessoas e objectos como estrutura dramatúrgica. Em cena constroem-se e transformam-se estruturas espaciais a partir de materiais encontrados, constituindo uma espécie … Continue reading Escombros – 2015

A circulação das técnicas, Joclécio Azevedo©Susana Neves

A circulação das técnicas (micro-coreografias em laboratório) – 2016

Este projecto partiu de um convite do comissariado cultural da FEUP, foi desenvolvido em torno de uma residência artística realizada entre Maio e Novembro de 2016, tendo posteriormente evoluído através de um laboratório de performance realizado também em Novembro. Na FEUP estão instalados à volta de 261 laboratórios destinados à investigação e ao ensino, este … Continue reading A circulação das técnicas (micro-coreografias em laboratório) – 2016

Repartição, Joclécio Azevedo©Diogo Oliveira

Repartição (I, II, III) – 2015

(Estrados em madeira, mesas, estruturas em ferro, microfones, tripés, canos metálicos e diversos outros objectos encontrados) Este trabalho foi criado para “Lugares de Viagem – Bienal da Maia 2015”, com curadoria de José Maia. Foi originalmente apresentado em três partes integrado na exposição “Um lugar cheio de tempo”. A ação de repartir, de separar, de … Continue reading Repartição (I, II, III) – 2015

Poltergeist, 2013, Joclécio Azevedo©Susana Neves/TNSJ

Poltergeist – 2013

Poltergeist é uma palavra associada a perturbações de origem sobrenatural que de forma geral envolvem ruídos e deslocações misteriosas de objectos (do Alemão “polter”: ruído e “geist”: fantasma). O projecto Poltergeist integra acções com objectos que não são propriamente instrumentos musicais, mas cuja existência é activada através do contacto directo e da amplificação sonora, criando … Continue reading Poltergeist – 2013

Cuidados Intensivos – 2013

Cuidados Intensivos foi um programa de encontros, performances e exposições criado em Vila do Conde integrando o projecto Artista Residente da Circular Associação Cultural. O programa teve a duração de um ano, utilizando diversos formatos de colaboração, funcionando como um permanente trabalho em progresso e permitindo a concretização de intervenções práticas realizadas no contexto local … Continue reading Cuidados Intensivos – 2013

Alexandria (fragmentos) – 2011

Performance sonora a partir da edição e manipulação de instrumentos produzidos com materiais domésticos transformados e amplificados. A composição utiliza reproduções de fragmentos sonoros encontrados em documentários, vídeos turísticos e institucionais recolhidos na internet, à procura do imaginário da Alexandria e da sua biblioteca. A cidade surge como um fantasma, como um símbolo da civilização … Continue reading Alexandria (fragmentos) – 2011